Coordenação do Curso:

Responsável: Jonatham Souza Moreira

Email: jonatham.souza@fsaa.edu.br

Endereço do Lattes: http://lattes.cnpq.br/2180179965120111

Ato regulatório do curso: Portaria nº 545, de 14 de Agosto de 2018 e no DOU de 15 de Agosto de 2018.

Farmácia

Para formar profissionais que atuam na promoção, proteção e recuperação da saúde das pessoas, o curso de Farmácia da FSAA congrega três grandes áreas do conhecimento: ciências biológicas e da saúde, ciências farmacêuticas e ciências humanas. Disciplinas como Farmacologia, Farmácia Clínica, Biologia Molecular e Biotecnologia, entre muitas outras, preparam o estudante para desenvolver atividades associadas à assistência à saúde de forma humanizada, atuando na pesquisa, desenvolvimento e inovação de medicamentos, cosméticos e demais produtos relacionados à saúde humana e animal.

O curso prepara você para

Atuar como Farmacêutico Clínico em hospitais, na avaliação de prescrições quanto a interações medicamentosas, posologia, vias de administração, conciliação e reconciliação no uso de medicamentos. Poderá atuar também na dispensação e manipulação de medicamentos alopáticos e homeopáticos, produtos dermatológicos, cosméticos e produtos veterinários. Outro caminho que pode ser seguido para o profissional formado no curso de Farmácia da FSAA é na pesquisa, no desenvolvimento, na produção, no controle e na garantia de qualidade de medicamentos e de produtos utilizados para o tratamento e o diagnóstico em saúde.

Farmacêuticos são minuciosos

Em seu dia a dia, a capacidade de concentração e observação somam-se ao senso de responsabilidade para gerir processos ligados à promoção da saúde das pessoas. A afinidade com a química e a biologia são imprescindíveis para esse profissional, que deve também ser sensível às particularidades individuais para prestar um atendimento de excelência, tanto técnico quanto humano.

E o mercado, como vai?

O crescimento da população e o aumento da longevidade fazem do Farmacêutico um profissional cada vez mais necessário à sociedade, o que coloca essa profissão entre as mais promissoras do mundo, com elevada taxa de empregabilidade. Compõem esse cenário as áreas de atuação privativas do Farmacêutico, como farmácia comunitária, farmácia de manipulação e farmácia clínica. O profissional pode ainda atuar de modo multidisciplinar em equipes de saúde, laboratórios de análises clínicas e toxicológicas, vigilância sanitária, análise forense e consultoria.

Sobre o Curso

O Curso de Farmácia  da Faculdade Santo Antônio ,possibilita a formação de profissionais que atuam no processo saúde-doença, bem como na preparação para a pesquisa científica, orientando a formação profissional para o comprometimento com a saúde pública, a ética, o exercício da cidadania e o desenvolvimento social, oferecendo uma formação baseada em valores éticos e humanísticos, técnicos e científicos mediante um ensino teórico-prático e estímulo à pesquisa e à extensão superando o enfoque de uma formação tradicional voltada apenas para a transmissão do conhecimento com um fim em si mesmo.

A FSAA, habilita o  Egresso Farmacêutico, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde com sólidas bases no rigor científico e intelectual. O egresso será capacitado ao exercício de atividades referentes aos fármacos e aos medicamentos, às análises: clínicas e toxicológicas e ao controle, produção e análise de alimentos, pautado em princípios éticos e na compreensão da realidade social, cultural e econômica do seu meio, dirigindo sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade. Ao se graduar no curso, o aluno deverá estar apto a:

  • Cumprir a lei, manter a dignidade e a honra da profissão e observar o Código de Ética. Não se dedicar a nenhuma atividade que venha trazer descrédito à profissão e denunciar toda conduta ilegal ou antiética que observar na prática profissional;

  • Colocar seus serviços profissionais à disposição da comunidade em caso de conflito social interno, catástrofe ou epidemia, sem pleitear vantagem pessoal;

  • Respeitar a vida humana desde a concepção até a morte, jamais cooperando com atos que intencionalmente atentem contra ela, ou que coloquem em risco sua integridade física ou psíquica;

  • Respeitar o direito do usuário de conhecer o medicamento que lhe é dispensado e de decidir sobre sua saúde e seu bem-estar;

  • Assumir com visão social, sanitária e política, seu papel na determinação de padrões desejáveis do ensino e do exercício da Farmácia;

  • Contribuir para a promoção da saúde individual e coletiva, principalmente no campo da prevenção, sobretudo quando, nessa área desempenhar cargo ou função pública;

  • Informar e assessorar ao paciente sobre a utilização correta do medicamento;

  • Aconselhar e prescrever medicamentos de livre dispensação nos limites da atenção primária de saúde;

  • Observar sempre, com rigor científico, qualquer tipo de medicina alternativa, procurando melhorar a assistência ao paciente;

  • Atualizar e ampliar seus conhecimentos técnico-científicos e sua cultura geral, visando ao bem público e à efetiva prestação de serviços ao ser humano, observando as normas e princípios do Sistema Nacional de Saúde, em especial quanto à atenção primária à saúde;

  • Utilizar os meios de comunicação a que tenha acesso para prestar esclarecimentos, conceder entrevistas ou palestras com finalidade educativa e de interesse social;

  • Selecionar, com critério e escrúpulo, e nos limites da lei, os auxiliares para o exercício de sua atividade.

São atribuições dos profissionais farmacêuticos as seguintes atividades afins, respeitadas as modalidades profissionais, ainda que não-privativas ou exclusivas:

  • Abster-se da prática de atos que impliquem mercantilismo ou má conceituação da Farmácia;

  • Comunicar ao Conselho Regional de Farmácia e às autoridades sanitárias a recusa ou cargo, função ou emprego, motivado pela necessidade de preservar os legítimos interesses da profissão;

  • Utilizar os conhecimentos para exercer as atribuições privativas dos profissionais farmacêuticos.

Objetivos do Curso

  • Formar um Farmacêutico com conhecimento essencial ao desenvolvimento de sua atividade profissional, facilitando sua visão global sobre a Assistência Farmacêutica e o valor social do profissional Farmacêutico;

  • Formar um Farmacêutico com conhecimento essencial para desenvolver programas integrados de saúde, demonstrando novas atitudes e valores em relação à profissão, enfatizando saúde e não apenas doença, atuando em unidades de saúde e nas comunidades urbanas e rurais, e não apenas na farmácia e laboratório privados, com abordagem multidisciplinar dos problemas de saúde e extensão à comunidade dos conhecimentos necessários para a promoção do seu bem estar;

  • Oferecer suporte para que o profissional atinja o objetivo final do exercício da farmácia – a segurança do ato terapêutico – e assegure o fornecimento de produtos farmacêuticos de qualidade aos pacientes e médicos.

Detalhes do Curso

  • Ato regulatório: Portaria nº 545, de 14 de Agosto de 2018 e no DOU de 15 de Agosto de 2018.
  • Duração: 5 anos
  • Vagas anuais autorizadas: 160
  • Turnos: Matutino e Noturno
  • Formas de ingresso: Vestibular, Enem, Reingresso, Transferência Interna, Transferência Externa, Portador de Diploma.
  • Regime de matrícula: carga horária semestral

Matriz Curricular do Curso:


Clique aqui para Baixar Grade Curricular